Apesar de não ser uma situação normal do envelhecimento, a depressão é frequente em pessoas idosas. De acordo com a Associação Portuguesa de Gerontopsiquiatria (APG), cerca de 10% dos idosos nacionais padecem dela.

São muitos os desafios que as pessoas que atingem a terceira idade já têm de enfrentar e vencer a depressão torna-se ainda mais difícil sem apoio, especialmente quando as gerações mais novas estão em ritmos de vida acelerados e exigentes. A diminuição no convívio com a família, faz com que muitos idosos se sintam abandonados. Uma situação que deve procurar ser contrariada por aqueles que os rodeiam.

“Conviver e socializar é fundamental para a prevenção de diversos problemas das pessoas idosas e para a promoção de um envelhecimento saudável”, assegura Sandra Neves, psiquiatra da UPPC – Unidade Psiquiátrica Privada de Coimbra, num artigo de opinião divulgado online.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2025 existirão cerca de 1,2 mil milhões de pessoas com mais de 60 anos em todo o mundo, sendo esta a faixa etária aquela que regista o maior crescimento.

Cuidar da saúde mental revela-se, assim, de uma importância essencial, “especialmente para quem se preocupa com um envelhecimento saudável”, afirma a psiquiatra, que aponta ainda uma série de recomendações que, na sua opinião de especialista, “podem ajudar a contribuir para o bem-estar das pessoas mais velhas”.

Estes são os comportamentos a adotar:

#1 Compartilhar o seu tempo com os seus entes queridos, mesmo que seja com atividades como as refeições diárias ou as compras no supermercado, é um primeiro passo para aumentar a sua autoestima e melhorar a sua saúde mental.

#2 Manter a ligação e a rede de suporte, com a família, amigos e comunidade, seja pessoalmente ou por telefone, por e-mail ou através das redes sociais, é outro dos comportamentos a adotar.

#3 A atividade física promove o bem-estar mental, físico e social. Além de incentivar e de estimular os mais velhos a fazê-lo, os que os rodeiam devem envolver-se, procurando transformar esses momentos, tendencialmente penosos, em tempo de convívio, partilha e comunhão.

#4 O descanso é essencial nesta fase. Apostar numa rotina diária de sono, de forma a diminuir os níveis de stresse e de promover maiores níveis de energia e humor, é uma das estratégias a implementar e a fomentar.

Quer saber mais sobre o tema? Conheça o nosso novo curso online: Envelhecimento e Prestação de Cuidados!

Como promoção especial de lançamento deste curso, oferecemos-lhe 5% de desconto até o dia 10/03. Para receber o código promocional clique aqui.

Fonte: lifestyle.sapo.pt