Por cada minuto que fecha a torneira, entre atividades com água, poupa entre 5 a 12 litros do precioso líquido. Em si o número é motivo de espanto. Mais, quando sabemos tratar-se de um bem escasso.

A 1 de outubro comemorou-se o Dia Nacional da Água, um marco para assinalar o início do ano hidrológico, ou seja o período de 12 meses compreendido entre o início de duas estações de chuva consecutivas.

Pelo menos assim era, antes das alterações climáticas trocarem as voltas às estações do ano.

Para assinalar a data, a organização ambientalista Quercus, vem recordar-nos, em dez conselhos, que com pequenas mudanças, podemos fazer a diferença e contribuir para poupanças de água na ordem dos 150 litros/dia.

Cada minuto que a água corre nas nossas torneiras desperdiçamos, no mínimo, cinco litros de água, quantidade que pode chegar aos 12 litros/minuto se abrirmos ainda mais a torneira.

1. Feche a torneira sempre que não estiver a usar a água (enquanto lavar os dentes, ensaboar as mãos ou o corpo).

2. Verifique as fugas de água, utilizando um alguidar para verificar se há perdas de água na torneira, utilizando um papel para ver se há perdas nos canos ou usando corante alimentar despejado dentro do autoclismo para verificar se há perdas.

3. Utilize autoclismo de dupla descarga, ou caso não possua coloque um objeto (exemplo garrafa de água cheia) para reduzir o volume de água por cada descarga.

4. Regue apenas de manhã ou ao final do dia, para evitar perdas de água por evaporação se regarmos nas horas de calor.

5. Use a máquina de lavar louça com carga máxima, evitando lavar a louça com água corrente.

6. Reaproveite as águas de lavagem de legumes ou, enquanto aguarda que a água do esquentador aqueça, utilize a fria para regar as plantas, beber, lavar o chão ou para descarga no sanitário.

7. Desligue os sistemas de rega em períodos de chuva.

8. Opte por banhos curtos, entre dois a cinco minutos, onde os consumos não ultrapassarão os 20 litros por banho (desligando a torneira enquanto ensaboa o corpo/cabelo);

9. Evite usar o sanitário como caixote do lixo (para cotonetes, toalhitas, produtos de higiene íntima ou discos desmaquilhantes) com uma descarga do autoclismo associada;

10. Varra o terraço ou a varanda antes de lavar, principalmente se usar o recurso a uma mangueira, a mangueira não é uma vassoura.

 

08.10.2018
Fonte: lifestyle.sapo.pt