Se está a pensar lançar um negócio, criar uma empresa e colocar em prática uma ideia fabulosa que acredita fazer a diferença num mercado concorrencial, então saiba que grande parte do sucesso pode estar no plano de negócios. O plano de negócios é um documento onde sistematiza o seu projeto e a sua estratégia.

Este documento será uma ferramenta orientadora onde assegura informação crítica na hora de juntar potenciais investidores ou parceiros, elementos fundamentais para  que o seu negócio venha a revelar-se no mercado.

Como deve ser estruturado?

Não há formas mágicas para estruturar um plano de negócios. Segundo o IAPMEI- Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação, uma possível estrutura engloba os seguintes tópicos:

  • Apresentação do criador e do projeto;
  • Contextualização do mercado e da envolvente externa;
  • Definição de metas e objetivos;
  • Estratégia comercial;
  • Estrutura da empresa;
  • Elaboração de previsões financeiras;
  • Controlo e gestão do negócio;
  • Investimento necessário;
  • Anexar documentos e outra informação.

O que o faz melhor?

Claro que para dar corpo ao guião perfeito que pretende aqui criar, deve poder contar com uma boa equipa, mas o sucesso do empreendedor depende de outros implícitos no plano  que podem fazer a diferença:

  • Simplicidade de apresentação e aplicação;
  • Objetividade, metas e organização, que passam por objetivos a concretizar, as pessoas responsáveis, orçamentos detalhados. Se o seu plano não é realista e não se fundamenta em alicerces concretizáveis está a cometer erros no seu documento estratégico;
  • Bom planeamento financeiro, sustentado em bons documentos de previsão e realista.

Faça um teste ao seu plano

Se tem o seu plano concluído, está na hora de fazer o teste para saber se tem o que precisa para ter êxito. Será que o plano dá respostas sobre o mentor da ideia, os seus fundadores, a sua educação e formação, a sua experiência profissional, a sua reputação no mercado empresarial ou feitos de empreendedorismo? Faça perguntas que procuram boas respostas no seu plano:

  • O plano é realista nos objetivos e formas de sucesso?
  • O plano contempla os riscos potenciais?
  • Quem são os empreendedores e que reputação mantêm ao nível pessoal e profissional?
  • Qual é a equipa que vai levar avante o projeto?
  • Têm a melhor equipa para o tipo de projeto?
  • O que move os empreendedores?
  • Como podem responder aos fatores de risco do negócio?
  • Estão os empreendedores preparados para tomar decisões difíceis?

 

19.02.2018
Fonte: http://saldopositivo.cgd.pt

Pretende adquirir conhecimentos sobre este tema?
Conheça o curso online de Plano de Negócio!

O plano de negócio é, normalmente, utilizado em startups como um documento de captação de investimento ou financiamento. Mas o plano de negócio não se limita a esta função, vai muito além disso, é uma ferramenta essencial de apoio à gestão para o sucesso das empresas.
Esta formação tem como principal objetivo dotar os participantes de ferramentas fundamentais de apoio à criação, gestão do negócio e captação de investimento ou financiamento para o arranque do mesmo.

SABER MAIS!